Prevenção ao coronavírus altera atendimentos da Secretaria de Assistência Social


Seguindo determinações do Decreto Municipal n° 5.241/2020, que determina uma série de ações preventivas, diante do avanço do novo coronavírus no país, a Secretaria de Assistência Social (SEMAS) suspende, pelo período de 15 dias, as visitas domiciliares realizadas pelos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), Centro de Referência Especializada de Assistência ( CREAS), Programa Criança Feliz no SUAS e Programa Bolsa Família.

O atendimento do Programa Bolsa Família deverá ser realizado em blocos de até  20 (vinte) pessoas na Sede da Secretaria e de 10 (dez) pessoas na unidade descentralizada, localizada no Centro. Também ficou decidida a alteração da organização do Restaurante Popular, prezando pelo afastamento de 2 (dois) metros de distância entre os usuários.

Serviços suspensos 

Ainda por conta do mesmo decreto, a Semas optou por suspender, pelo período de 15 dias, as atividades do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) e oficinas de atividades para os considerados grupos de risco (Idosos e Gestantes). Neste período, os grupos do SCFV de crianças, adolescentes e mulheres serão limitados ao máximo de 15 (quinze) pessoas e realizadas ao ar livre, respeitando as recomendações do Ministério da Saúde sobre o distanciamento entre os usuários.

Todos os eventos e atividades planejadas no âmbito da Assistência Social estão suspensos, pelo período de 15 dias, podendo ser prorrogado por igual ou superior período caso haja mudança do cenário epidemiológico que justifique tal medida.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *