Paralelamente às medidas de enfrentamento ao coronavírus, Prefeitura intensifica as ações de combate a arboviroses em Alagoinhas


Agentes de combate a endemias seguem mobilizados, em Alagoinhas, com ações estratégicas nos bairros da cidade. Além do fortalecimento da rede de cuidados e das medidas de enfrentamento à pandemia, a Prefeitura intensificou também o trabalho de combate à Dengue, Zika e Chykungunya. Esta semana, as equipes estiveram em Santa Terezinha e na Vila dos Laranjais, Rua do Catu, e a Comissão Interinstitucional de Combate à Dengue, formada por representantes das secretarias municipais, atuou com controle vetorial na região da Irmã Dulce, onde ações de bloqueio haviam sido desenvolvidas, nas últimas semanas.

De acordo com a coordenadora do setor de endemias, Telma Pio, o período chuvoso, que favorece a proliferação do mosquito, emite um alerta para o combate às arboviroses no município. Para reduzir os índices de infestação e eliminar o transmissor Aedes aegypti, as equipes intensificam ações de pulverização espacial, fiscalização de depósitos e terrenos baldios, com bloqueios nos logradouros adjacentes às áreas onde foram registrados casos de doenças propagadas pelo mosquito.

Com pulverização espacial em diversas localidades, Prefeitura visa eliminar o mosquito transmissor da Dengue, Zika e Chikungunya. (Foto: Roberto Fonseca)

“Mais do que nunca, pedimos aos moradores que eliminem a água parada de vasos, plásticos, latas e pequenos depósitos dos seus quintais. Esse cuidado é fundamental. Nossos agentes seguem em campo, notificando, realizando bloqueios e pulverização inclusive no turno da noite, porque não podemos baixar a guarda com o mosquito”, ressaltou Telma Pio.

Profissionais do setor de endemias realizam plantões e desenvolvem ações contínuas para o combate a arboviroses em Alagoinhas. (Foto: Divulgação)

O último boletim divulgado pelo Ministério da Saúde mostra que, até a primeira quinzena de abril, mais de 200 óbitos foram registrados por Dengue no país. Em Alagoinhas, o trabalho das equipes é contínuo e a Secretaria de Saúde do município chama a atenção também para a importância do envolvimento da comunidade.

“Os profissionais estão em campo e trabalham seguindo rigorosamente as normas técnicas, mesmo durante o período de enfrentamento ao coronavírus, porque entendemos que serviços essenciais, como o controle de arboviroses, não podem parar. Nesse sentido, o apoio da população também é fundamental. Pedimos aos moradores que cuidem dos seus quintais, evitando o acúmulo de água parada”, pontuou a secretária municipal de saúde, Rosania Rabelo.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SESAU) – que segue orientações da portaria ministerial – durante a pandemia, as visitas domiciliares ficam restritas à área externa, no caso das residências de moradores idosos, gestantes, ou nas casas com circulação de crianças. A SESAU informa também que os agentes trabalham paramentados com máscaras e álcool 70, respeitando o distanciamento mínimo, em campo. Todos os equipamentos utilizados pelos profissionais são 100% higienizados antes e após o uso.

Agentes continuam em campo com ações estratégicas de combate à Dengue. (Foto: Roberto Fonseca)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *