O Atlético de Alagoinhas não terá vida fácil diante da Jacuipense – Por André Luiz


Embalado com três vitórias consecutivas, o nosso representante, o Atlético de Alagoinhas só depende dos seus esforços para garantir uma vaga nas semifinais do campeonato baiano 2019. Olhe que será preciso apenas uma vitoria simples para garantir o Carcará na fase decisiva do baianão.

Apesar de precisar apenas de um triunfo simples, jogando em casa ,e mesmo com toda polêmica em relação aos preços dos ingressos( 10 ou 20 reais), acredito que o time Atleticano terá o apoio do seu torcedor, no entanto isso não significa que nosso representante terá vida fácil durante a partida.

Se por um lado o Atlético vive um bom momento na competição, inclusive emplacando três vitorias consecutivas, vencendo Bahia de Feira em Alagoinhas por 3×1, fora de casa venceu Vitoria 2×1 e Jacobina 2×0, e tendo o artilheiro do campeonato João Neto com 8 gols, não podemos esquecer que do outro lado temos um adversário que também vem de dois bons resultados seguidos vencendo o Bahia por 1×0 e o Jequié por 1×0 atuando em seus domínios.

O Atlético precisa ter paciência durante a partida, pois vai enfrentar um adversário que também tem chances de se classificar, mas não dependeria apenas de uma vitória para garantir sua classificação.

Espero que todos dentro do Atlético tenha a percepção que essa partida será a partida do ano para as pretensões do Carcará.  Essa classificação não só garante o time na segunda fase do campeonato, mas também dará ao Atlético, no mínimo, a oportunidade de disputar a serie D do campeonato brasileiro 2020, dando assim ao time alagoinhense um calendário um pouco mais preenchido no próximo ano.

Dessa forma a presença do torcedor será de fundamental importância para apoiar o Atlético nessa partida.

“Avante Alagoinhas, prá frente meu Atlético”.

*André Luiz Borges escreve para a página de esportes do site pauta Livre, do site News Infoco, assina a Coluna De Olho no Esporte no mesmo site, além de ser comentarista esportivo do Programa Primeira Mão, da rádio 95,7 FM de Alagoinhas.

Fonte:newfocus