Joseildo critica “disenteria verbal” de Bolsonaro e rebate ataques ao Nordeste


 


O deputado federal Joseildo Ramos (PT-BA) criticou nesta quarta-feira (14) as declarações preconceituosas do presidente Jair Bolsonaro com o Nordeste e classificou as recorrentes falas de “disenteria verbal”. Em discurso na tribuna, o parlamentar rebateu a declaração do presidente de que “precisaria chover honestidade” no Nordeste. “Na verdade precisa é chover honestidade em Itaipu, a partir de negociações aparentemente escusas, de tráfico de influência envolvendo a família do presidente e o suplente de senador, líder do governo, tentando fazer negócio com energia. É preciso chover honestidade. É preciso saber onde está Queiroz”, criticou.

O deputado ressaltou ainda a necessidade de uma figura presidencial que, ao contrário do que está sendo apresentado por Bolsonaro, contribua para a união do país, “não para que todos pensem da mesma forma”, mas para que haja um horizonte comum de propósitos, respeitando a pluralidade nacional. “Vivemos numa quadra da política onde, a cada dia, quando pensamos que o pior já passou, uma surpresa cada vez mais desagradável advém de um presidente inapto, incapaz e que envergonha a todos”, concluiu.