EDUCAÇÃO INCLUSIVA EM ARAMARI É DESTAQUE NO SEMINÁRIO SOBRE O TEMA REALIZADO PELO MINISTÉRIO PÚBLICO


WhatsApp Image 2019-08-24 at 12.29.48(2)
WhatsApp Image 2019-08-24 at 12.29.48

Uma grande preocupação do prefeito Fidel e da secretária da Educação, Ângela Santos, a Educação Inclusiva sempre foi levada a sério em Aramari. O trabalho na Sala de Recursos foi cada vez mais intensificado, com ampliação do atendimento e oferta de serviços, através da SEDUC. Atualmente, o município dispõe de psicóloga, intérprete de libras em sala, aulas de libras para turmas que têm alunos com necessidades especiais, encaminhamento de estudantes portadores de deficiência visual para o Instituto dos Cegos, em Salvador, além de atendimento domiciliar, oficinas e palestras para mães de alunos especiais, com diversas ações integradas, que mereceram destaque no Seminário sobre Educação Inclusiva, realizado pelo Ministério Público de Alagoinhas, com participações de representantes de outras cidades, como Araçás e Alagoinhas. O evento aconteceu na última sexta-feira (23), na Sala Albertina Rodrigues, no Centro de Cultura de Alagoinhas (CCA).

Para o articulador da Área de Humanas da SEDUC, Silas da Costa, é motivo de orgulho fazer parte dessa equipe, ainda mais vendo o trabalho sendo reconhecido por uma plateia tão diversa. “Indescritível o momento em que, diante da socialização de práticas inclusivas já implantadas no município de Aramari, a salva de aplausos  inundou aquele ambiente nos trazendo o sadio sentimento de orgulho por fazer parte da nossa rede”, finalizou o articulador Silas.