Cidadania e geração de renda: Moradores do Urupiara são beneficiados com projeto social


“São muitos anos lidando somente com a casa, cuidado dos filhos e trabalhando como cozinheira, então nunca tive a oportunidade de saber como é que se usa um computador, uma coisa que sempre quis, mas que só agora com esse projeto da prefeitura estou podendo aprender. É mais uma formação para o currículo”, conta, sorrindo, Ana Cristina de Oliveira, participante da oficina de Inclusão Digital, uma das atividades do Projeto de Trabalho Social (PTS), desenvolvido pela Prefeitura de Alagoinhas no Conjunto Residencial Urupiara, por meio da Secretaria de Assistência Social (SEMAS), em parceria com a Banco do Brasil, empresas especializadas e a Associação dos Moradores.

Foto: Divulgação

Componente essencial da política habitacional a ser desenvolvida junto aos beneficiários do Programa Minha Casa Minha Vida, por meio do PTS, assistentes sociais, psicólogos, pedagogos, administradores, psicopedagogos e outros profissionais desenvolvem um trabalho social de ação direta com os mais de 4.500 moradores do Urupiara, tendo em vista garantir a efetivação dos direitos sociais, a melhoria da qualidade de vida, das convivências familiar e comunitária e a geração de renda.

Entre as diversas ações do PTS já iniciadas ou em andamento no residencial, estão palestras sobre a correta utilização dos imóveis e equipamentos comunitários, Plantão Social, com cadastro e atualização de cadastro no CadÚnico, atendimentos de saúde com clinico geral e dentista, sessões de cinema (Cinema na Praça), oficina de capoeira e de inclusão digital.

Foto: Roberto Fonseca

Visando fortalecer o protagonismo social dos moradores e à promoção da cultura e lazer para adultos, jovens e crianças, até o final do ano, o projeto também vai oferecer oficinas de Noções de Higiene Educação Sanitária e Ambiental, de empreendedorismo, teatro, futebol, atividade física e corporal, planejamento orçamentário, Feira da Cidadania cursos de operador de Empilhadeira, Eletricista, Cabelereiro, Manicure, Artesanato, apoio na adesão de moradores à Associação, Gincana Social e Feira da Cidadania.

“Com isso, estamos contribuindo para o desenvolvimento comunitário. O projeto social trabalha ações de levantamento do perfil da população residente, orientação, capacitação,  organização do espaço e inclusão social. Além disso, promove o acompanhamento integral às famílias beneficiárias”, explica o secretário de Assistência Social, Alfredo Menezes.

Foto: Roberto Fonseca

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *