Mais uma arma de fogo: policiais do 4° BPM apreendem revólver e prendem o criminoso que o portava.

Na noite desta quarta-feira- (26/06), em Alagoinhas, policiais da 2ª CIA prenderam em flagrante delito indivíduo que portava ilegalmente arma de fogo. A ação ocorreu na Rua Teresópolis, Santo Antônio, no Bairro Cruzeirinho. Cidadãos ligaram para o CICOM informando que estava ocorrendo, na localidade, disparos de armas de fogo. A guarnição prontamente deslocou para averiguar … Leia Mais



Instrutor da CBF e FBF é condenado a indenizar árbitra por assédio


[Instrutor da CBF e FBF é condenado a indenizar árbitra por assédio]

Em outubro de 2018, o Galáticos Online denunciou um caso de assédio e perseguição envolvendo uma árbitra de futebol do quadro da FBF (Federação Bahiana de Futebol) e CBF (Confederação Brasileira de Futebol), que estaria sendo assediada por um instrutor de arbitragem da CBF (relembre aqui).

Na ocasião, Patrícia dos Reis confirmou ao Galáticos que sofreu diversos assédios do instrutor Belmiro da Silva. De acordo com a vítima, as perseguições começaram em 2012 e, ao longo dos anos, só pioraram. Patrícia relata que chegou a levar o caso para o chefe da comissão, Vidal Cordeiro, no entanto, não recebeu apoio e chegou a ser orientada a esquecer o assunto para não prejudicar sua carreira. A árbitra também revelou que teria tentado deixar o ex-presidente da entidade, Ednaldo Rodrigues, ciente da situação, mas não recebeu nenhum tipo de apoio.

“Tudo começou em 2012, mas de forma discreta, onde nem eu mesma me toquei do que estava acontecendo e se intensificaram no meado de 2012 para 2013, onde ele me fazia ligações quase todas as noites pedindo para ter reuniões privadas comigo, que me levaria em casa, na época em Madre de Deus, independe da hora, pois ele tinha coisas muito importantes para tratar sobre minha carreira profissional. Ao saber do que estava acontecendo, vi no presidente da comissão [Vidal Cordeiro] uma forma dele parar. No entanto, para minha surpresa, ele pediu para que meu noivo mandasse eu me acalmar e ficar quieta, pois isso era algo muito sério e era melhor deixar quieto. Ali eu vi que ele iria acabar com minha carreira, pois nem o presidente da comissão me apoiou. Tentei por várias vezes que tais fatos chegassem a Ednaldo, mas não tive apoio. Faltando menos de 15 dias para o Rap-Fifa, treinamento que fui selecionada pela CBF para fazer, graças aos meus desempenhos nos jogos e nos testes, me surpreendo com a minha exclusão, onde fiquei sabendo através do WhatsApp e por uma árbitra de outro estado que me perguntou o motivo da minha substituição”, disse ao Galáticos.

Após a denúncia feita e a repercussão do caso, a árbitra recebeu o apoio das advogadas Maria Alice Menezes e Taís Marcondes, da MSSO advogados, e resolveu entrar com uma ação na justiça contra Belmiro da Silva por danos morais. O instrutor da CBF foi condenado a pagar o equivalente a R$ 6 mil reais em razão de pleito de reparação civil por danos morais por conta do assédio com repercussão na esfera profissional da autora.

A reportagem do Galáticos Online também apurou que logo após o ocorrido, Belmiro da Silva deixou de ser escalado pela FBF. No entanto, até o fim da matéria não houve confirmação da entidade se ele continua na CEAF e na CBF.

Fonte: Bocão news

Siga o nosso portal pauta livre nas redes sociais:

Whatsapp Pauta Livre : 75 9.8234-4592

Facebook : https://www.facebook.com/pautalivrenoticia/

Twitter : www.twitter.com/sitepautalivre

Diretor Adm. / Comercial – Márcio Gomes 
E-mail: [email protected]
Contato : 75 9.9995-9194
Direção Geral : Ailton Borges

Vídeos de apresentação  do  Portal  Pauta Livre:

Adicione  Whatsapp :     https://www.youtube.com/watch?v=v6euRL3OvuY

Divulgue  sua  Marca :  https://www.youtube.com/watch?v=dmicZGhtAiw

Transmissão  ao  Vivo:  https://www.youtube.com/watch?v=x4XaDv_0kxY&feature=youtu.be


Alagoinhas: PM da reserva é baleado durante assalto a mercadinho


[Alagoinhas: PM da reserva é baleado durante assalto a mercadinho]

Um policial militar da reserva foi baleado na noite deste sábado (30) durante um assalto a um mercadinho na cidade de Alagoinhas, no nordeste baiano.

De acordo com o site Luciano Reis Notícias, o caso ocorreu na Rua Conselheiro Junqueira, bairro da Rua do Catu, por volta de 18h55.

O sargento identificado como Admilson barbosa de Jesus, 54 anos, foi atingido no braço esquerdo e no rosto. O militar foi socorrido por populares para um hospital da cidade.

Durante a ação, os criminosos conseguiram roubar a arma do policial e fugiram.

Fonte: Bocão news

Siga o nosso portal pauta livre nas redes sociais:

Whatsapp Pauta Livre : 75 9.8234-4592

Facebook : https://www.facebook.com/pautalivrenoticia/

Twitter : www.twitter.com/sitepautalivre

Diretor Adm. / Comercial – Márcio Gomes 
E-mail: [email protected]
Contato : 75 9.9995-9194
Direção Geral : Ailton Borges

Vídeos de apresentação  do  Portal  Pauta Livre:

Adicione  Whatsapp :     https://www.youtube.com/watch?v=v6euRL3OvuY

Divulgue  sua  Marca :  https://www.youtube.com/watch?v=dmicZGhtAiw

Transmissão  ao  Vivo:  https://www.youtube.com/watch?v=x4XaDv_0kxY&feature=youtu.be


Exclusivo: Promotora diz que ex-marido a ameaçou de morte pela 1ª vez na antevéspera de Natal


[Exclusivo: Promotora diz que ex-marido a ameaçou de morte pela 1ª vez na antevéspera de Natal]

OBNews segue revelando mais detalhes sobre o Termo de Declarações assinado pela promotora de Justiça do Grupo Especial de Combate às Organizações Criminosas e Investigações Criminais (GAECO), Lolita Lessa Mota Barbosa, junto ao Ministério Público da Bahia em outubro de 2018. Ela está processando no ex-marido, Hélio Lessa Mota Barbosa. A primeira ameaça de morte, segundo ela, aconteceu na antevéspera do Natal de 2017, horas depois da primeira agressão física.

Leia também:
Exclusivo: Promotora revela que quase foi abandonada grávida pelo ex-marido em matagal 
Chefe do MP-BA, Ediene Lousado não se manifesta sobre agressão sofrida por promotora 
Exclusivo: Promotora de Justiça revela agressões e ameaças de morte de ex-marido

Em 22 de dezembro de 2017, durante uma confraternização de amigos, Hélio pediu para que Lolita o avisasse quando ele estivesse passando da conta. Segundo a vítima, ele se embriagou mais uma vez. Em determinado momento, todos os outros convidados foram embora do evento, permanecendo na mesa apenas o casal e uma amiga de Hélio, que é advogada e não foi identificada no depoimento.

Lolita pediu para ir embora. Hélio retrucou e disse que ela não mandava nele. Nesse momento, o homem apertou o braço da mulher com “muita força”, deixando marcas. A amiga de Hélio presenciou a cena e questionou se Lolita era agredida pelo homem. Lolita respondeu que não e que essa de fato teria sido a primeira agressão física. Nesse dia, Hélio dormiu na casa da mãe.

No dia 23 de dezembro, dia seguinte à confraternização, Hélio chegou em casa. Lolita pediu a separação. Após amamentar a filha do casal, o homem pediu para segurar a menina nos braços e foi impedido pela mãe da criança – que queria que ele tomasse um banho antes. Nesse momento, Hélio imobilizou Lolita na cama, dizendo que mataria ela e toda a família se fizesse alguma coisa para afastar pai e filha. No relato ao MP, a procuradora diz que não registrou ocorrência policial por “medo” e “vergonha”.

A partir de então, as agressões passaram a ser mais frequentes. Lolita disse que Hélio a ameaçou de morte novamente, dizendo que forjaria um assalto caso fosse traído por ela. Outra agressão teria acontecido no dia 5 de abril de 2018, quando a vítima questionou algumas mensagens no Instagram do restaurante CROSSFIT, do qual ele é proprietário.

O homem também teria exigido ver mensagens íntimas do Instagram da mulher e ela afirmou que não teria problemas em mostrá-las. O depoimento relata que a discussão ficou acalorada, com xingamentos e ameaças de estrangulamento. Após conseguir se desvencilhar, Lolita ameaçou sair de casa. Hélio, então, tomou o celular dela e ligou para a própria mãe.

Quando a mãe dele chegou ao local, o homem teria deturpado os fatos, dizendo que tinha sido a mulher que o agrediu. Hélio tem quase 1,90 m de altura e 95kg, segundo Lolita. O porte físico avantajado pode ser comprovado em fotos compartilhadas por ele nas redes sociais.

Procurada, a vítima, por enquanto, prefere não gravar entrevistas. Segundo o advogado dela, Gamil Foppel, Lolita está bastante assustada. Ele afirma que a vítima está sob medida protetiva, mas o que mais preocupa é que Hélio recentemente procurou uma ex-empregada do casal em busca de informações sobre a rotina dela. Hélio não foi encontrado pelo BNews para se defender das acusações.

Fonte: Bocão News

Siga o nosso portal pauta livre nas redes sociais:

Whatsapp Pauta Livre : 75 9.8234-4592

Facebook : https://www.facebook.com/pautalivrenoticia/

Twitter : www.twitter.com/sitepautalivre

Diretor Adm. / Comercial – Márcio Gomes 
E-mail: [email protected]
Contato : 75 9.9995-9194
Direção Geral : Ailton Borges

Vídeos de apresentação  do  Portal  Pauta Livre:

Adicione  Whatsapp :     https://www.youtube.com/watch?v=v6euRL3OvuY

Divulgue  sua  Marca :  https://www.youtube.com/watch?v=dmicZGhtAiw

Transmissão  ao  Vivo:  https://www.youtube.com/watch?v=x4XaDv_0kxY&feature=youtu.be


Homem rouba corrente de delegada e é preso em Salvador


[Homem rouba corrente de delegada e é preso em Salvador]

Um homem identificado como Leonardo Menezes dos Santos, 28 anos, foi preso após assaltar uma delegada da Polícia Civil, na tarde desta terça-feira (12), no Centro, em Salvador. Ele foi surpreendido pela Polícia Militar na Estação da Lapa e apresentado na 1ª Delegacia, nos Barris.

Leonardo contou aos policiais que engoliu a corrente de ouro da delegada. Ele foi reconhecido pela vítima e autuado pelo crime de roubo. Ainda segundo os policiais do 18º Batalhão, Leonardo é suspeito de vários assaltos na Avenida Sete de Setembro.

Com informações do repórter Marcelo Castro, da Record TV Itapoan*

Fonte: Bocao News

Siga o nosso portal pauta livre nas redes sociais:

Whatsapp Pauta Livre : 75 9.8234-4592

Facebook : https://www.facebook.com/pautalivrenoticia/

Twitter : www.twitter.com/sitepautalivre

Diretor Adm. / Comercial – Márcio Gomes 
E-mail: [email protected]
Contato : 75 9.9995-9194
Direção Geral : Ailton Borges

Vídeos de apresentação  do  Portal  Pauta Livre:

Adicione  Whatsapp :     https://www.youtube.com/watch?v=v6euRL3OvuY

Divulgue  sua  Marca :  https://www.youtube.com/watch?v=dmicZGhtAiw

Transmissão  ao  Vivo:  https://www.youtube.com/watch?v=x4XaDv_0kxY&feature=youtu.be

 


Justiça decreta prisão de advogado que tentou matar policial em Feira; Orlando Assis é considerado foragido


[Justiça decreta prisão de advogado que tentou matar policial em Feira; Orlando Assis é considerado foragido]

A Justiça acatou o pedido de mandado de prisão contra o advogado Orlando Freire de Assis, 29 anos, acusado de agredir e tentar matar o policial civil Sérgio Roberto Souza Oliveira, em Feira de Santana, no último domingo (10). Ele é procurado por equipes da 1ª da Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/ Feira de Santana).

Orlando se envolveu em uma discussão com a vítima dentro de um evento e o agrediu, sendo separados por amigos. Mais tarde, o advogado voltou a se envolver em outra briga, com um homem ainda não identificado, e foi expulso da festa.

As informações apontam que o investigador da Polícia Civil tentou conversar com Orlando sendo atingido, repetidamente, por vários socos e pontapés violentos, até ficar desacordado. Orlando pegou a arma e disparou contra uma testemunha que tentou ajudar. [Veja imagens no final]

“Ele também disparou contra a cabeça da vítima, mas a arma falhou”, revelou o coordenador da 1ª Coorpin, Roberto da Silva Leal.

O acusado já tinha antecedente criminal, em 2007, por agressão. “Ele responderá por duas tentativas de homicídio, contra a vítima e a testemunha que tentou separar a briga, e por porte ilegal de arma de fogo”, esclareceu o delegado.

Seis testemunhas do caso já foram ouvidas e deram detalhes da ocorrência, incluindo o policial que está hospitalizado. A Polícia pede que qualquer informação que possa contribuir com a prisão do procurado pode ser transmitida através do Disque Denúncia (3235-000 e 181).

Fonte: Bocao News

Siga o nosso portal pauta livre nas redes sociais:

Whatsapp Pauta Livre : 75 9.8234-4592

Facebook : https://www.facebook.com/pautalivrenoticia/

Twitter : www.twitter.com/sitepautalivre

Diretor Adm. / Comercial – Márcio Gomes 
E-mail: [email protected]
Contato : 75 9.9995-9194
Direção Geral : Ailton Borges

Vídeos de apresentação  do  Portal  Pauta Livre:

Adicione  Whatsapp :     https://www.youtube.com/watch?v=v6euRL3OvuY

Divulgue  sua  Marca :  https://www.youtube.com/watch?v=dmicZGhtAiw

Transmissão  ao  Vivo:  https://www.youtube.com/watch?v=x4XaDv_0kxY&feature=youtu.be