Em Alagoinhas, Quarto Batalhão realiza a 2ª edição da Corrida Falcão

Na manhã deste domingo, 8, o 4° BPM realizou a segunda edição da Corrida Falcão. A largada foi dada às 7h00, à frente da sede do batalhão, e seguiu por um percurso previamente planejado e escoltado pela equipe da Polícia Militar. A sociedade mais uma vez demonstrou grande interesse e entusiasmo, preenchendo todas as vagas … Leia Mais




Servidores de Alagoinhas recebem 13º salário nesta terça-feira (10)

Atendendo a uma determinação do prefeito Joaquim Neto, a gestão municipal vai antecipar o 13º salário dos servidores para esta terça-feira (10). A antecipação ocorre pelo terceiro ano seguido e vai totalizar um montante de 4 milhões injetados na economia local. De acordo com o prefeito Joaquim Neto, a medida foi possível graças à economia … Leia Mais


Alagoinhas sedia I Seminário de Capacitação sobre Lúpus

Com apoio da Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, a Associação Lúpicos Organizados da Bahia (LOBA) promoveu, no último sábado (7), em Alagoinhas, o I Seminário de Capacitação sobre Lúpus. O evento, aberto ao público, contou com abordagens sobre a doença inflamatória autoimune que pode afetar múltiplos órgãos, como pele, cérebro, rins e … Leia Mais


Dia Municipal de Combate à Intolerância Religiosa: Prefeitura se reúne com representantes da AFA e ressalta importância de preservação dos espaços sagrados


Após assinar os decretos n° 4.939/2018 e 4.946/2018, que reconhecem templos de religiões de matriz africana como organizações religiosas para fins jurídicos, administrativos e sociais, e de instituir o programa que regulamenta o mapeamento desses espaços e a indumentária das baianas de acarajé, a Prefeitura mobiliza esforços, reúne equipes de trabalho, busca capacitações, referências e apoio de instituições para fazer, do combate à intolerância religiosa, uma luta permanente.

O município – que conta com uma Lei municipal instituindo o Dia de Combate à Intolerância Religiosa, chamando a atenção para a necessidade de enfrentamento à discriminação – busca agora assegurar, na prática, o exercício da religiosidade e a preservação das casas de axé.

Na última semana, a vice-prefeita e secretária municipal de cultura, esporte e turismo, Iraci Gama, esteve em reunião com Leonel Monteiro, presidente da Associação Brasileira de Preservação da Cultura Afro Ameríndia (AFA), em Salvador, para um encontro articulado via Conselho Municipal de Cultura, com foco na conservação de patrimônios culturais, na preservação de espaços sagrados e na garantia de direitos constitucionais a esses espaços. Durante a reunião, foi discutido o tombamento do terreiro de Matamba, uma das mais antigas casas religiosas do município.

Foto: Divulgação/SECET

“Alagoinhas é uma cidade importante no contexto do estado”, afirmou Leonel Monteiro, presidente da AFA. Segundo ele, o diálogo teve como base os caminhos possíveis para que políticas públicas possam ser implementadas e as formas legais para que tombamentos, registros e salvaguarda dos territórios tradicionais possam se tornar realidade concreta a partir de iniciativas do município. “Nós existimos, pagamos impostos, compramos e gastamos, mas há uma invisibilidade quando se trata de políticas públicas para as comunidades tradicionais. Alagoinhas dá um passo importante”, ressaltou Monteiro.

Segundo Iraci Gama, responsável pela proposição de criação da Lei municipal já em 2003, quando a data ainda não estava oficialmente instituída e era uma pauta defendida pela então vereadora, é preciso reconhecer legalmente a contribuição das comunidades tradicionais e não obliterar a importância de se fazer valer, também na prática, o que determina a Constituição no que tange ao direito à religião no Estado laico.

A secretária explicou que a data municipal de combate à intolerância religiosa – 9 de dezembro – remete ao aniversário da Senhora Matamba e relembra o corte da árvore sagrada de seu terreiro, em dezembro de 2002, para evitar que atos semelhantes se repitam.

Nesta segunda-feira, representantes do terreiro de Matamba se reúnem, a partir das 19h, para chamar a atenção quanto ao combate à intolerância.


Dezembro Laranja: Prefeitura intensifica atendimentos e promove ação de prevenção ao Câncer de Pele


A Prefeitura abriu as portas da Policlínica Municipal, no último sábado (7), mobilizou equipes de saúde e promoveu, durante toda a manhã, uma ação voltada à triagem de pacientes, à sensibilização da comunidade, à orientação, ao diagnóstico e prevenção de doenças da pele.

A iniciativa faz parte das atividades do Dezembro Laranja – o mês da campanha nacional de prevenção ao Câncer de Pele – e, segundo a Secretaria Municipal de Saúde, chama a atenção para os cuidados e perigos da exposição prolongada ao sol.

“A principal causa do câncer de pele é a exposição desprotegida. Então é importante criar uma rotina de prevenção, como o uso de filtro solar, que tem que ser passado a cada 2 horas, em média. O fator ideal é a partir de 30, e é importante passar uma camada considerável, não muito fina. Também é importante o uso de barreiras físicas, como chapéu, blusa de proteção UV, guarda-sol. E lembrar que, mesmo em dias nublados, você está exposto”, afirmou a dermatologista Margareth de Santana Maciel.

Segundo ela, os casos de câncer de pele, em Alagoinhas, não são incomuns. “Na prática, eu vejo bastante, principalmente entre aquelas pessoas que tiveram uma exposição prolongada ao sol, durante muitos anos, sem proteção”, afirmou a médica.

O câncer da pele responde por mais de 30% de todos os diagnósticos desta doença no país, e cerca de 180 mil novos casos são detectados a cada ano, no país, segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA).

Em Alagoinhas, a Secretaria Municipal de Saúde aposta na busca ativa e na conscientização para reduzir os índices da doença. “É preciso cuidado redobrado, principalmente no verão”, pontuou Camila Vila Flor, coordenadora geral da Policlínica Municipal, onde são realizados, regularmente, atendimentos com dermatologistas.

Aos 69 anos, Igino do Nascimento, que pela 1ª vez passou pelo atendimento com a médica especialista, avaliou positivamente a iniciativa.

“É importante porque eu já presenciei muitas pessoas com câncer de pele, e é horrível o tratamento. Eu tenho algumas manchas no corpo e já vinha me preocupando há alguns dias, mas não sabia que existia esse médico, já ia arrumar dinheiro para fazer o tratamento particular. Fiquei sabendo da ação por uma colega. É preciso que haja outras ações dessa porque muita gente não tem tempo de ir ao médico a hora que quer. Por exemplo, eu, que tenho 69 anos e trabalho o dia todo. É a primeira vez que venho a um dermatologista”, relatou.

A SESAU informou que, durante dezembro, novas ações com atendimento aberto ao público serão realizadas e comunicou que atividades de conscientização, prevenção e combate ao câncer de pele serão intensificadas.

Confira as fotos:

Foto: Roberto Fonseca

Foto: Roberto Fonseca

Foto: Roberto Fonseca

Foto: Roberto Fonseca

Foto: Roberto Fonseca


Salto em tecnologia: Alagoinhas recebe drenagem com tubos de PEAD


Os trabalhos de prevenção a alagamentos seguem em ritmo acelerado em diversas regiões da cidade, e cumprindo uma programação diária, que tem por base as demandas da população e os pontos críticos, para os quais são dados prioridade, as equipes da Secretaria de Infraestrutura (SECIN)  atuam com execução de serviços que vão desde manutenção de redes a grandes obras de macrodrenagem.

Foto: Divulgação SECIN

Preparando a cidade para o futuro e visando à redução significativa dos transtornos causados por frequentes manutenções em buracos nas vias públicas gerados por rompimento de manilhas, a Prefeitura de Alagoinhas proporcionou mais um salto na tecnologia aplicada nas redes da cidade e vem investindo na substituição dos tubos de concreto por PEAD, material plástico de alta resistência, com duração de até 75 anos.

Desenvolvida com a mais moderna tecnologia, especificamente no caso da drenagem, os tubos de PEAD são considerados uma das melhores soluções devido à sua durabilidade e performance (grande área perfurada por metro linear), constituindo um sistema drenante eficiente com a capacidade de não permitir que a água ou qualquer outro líquido se infiltre e deteriore a estrutura. “Além de serem mais leves que o concreto, o PEAD é mais rápido de instalar,  não requer manutenção e não deteriora. Outras vantagens são a facilidade de transporte, a flexibilidade e também por ser menos suscetível a danos causados por  vibração ou choque”, explica a secretária interina de Infraestrutura, Maria das Graças Reis.

Obra de macrodreangem na 8 de Dezembro. Foto: Divulgação SECIN

Os tubos em PEAD foram escolhidos pela Prefeitura para a obras de drenagem da Irmã Dulce, 8 de Dezembro, Santa Maria, Santo Dumont e em grande parte da obra da macrodrenagem da Cavada, onde serão instalados aproximadamente 1900m do material, que vão corrigir, de forma técnica e adequada, o curso das águas das chuvas, evitando alagamentos em diversas vias da região, a exemplo das ruas Canavieiras, Antonio Conselheiro, 8 de Dezembro, Rua C, Rua B, 5 de Novembro, Rua D, Rua E e Rua F.

Os serviços de substituição das redes de manilhas de concreto por tubos de PEAD já beneficiaram, até o momento, as ruas Olindina, São Paulo, Manaus,  Santo Antônio, 15 de novembro, Parque Havaí, São Roque, 2 de julho e Nova Aparecida.

A comunidade Irmã Dulce é uma das beneficiadas com a drenagem em PEAD. Foto: Divulgação SECIN


Com apoio da Prefeitura, mais uma modalidade esportiva é oferecida para jovens de Alagoinhas; a iniciativa é do projeto Impacto Arte Boxe


O programa municipal de iniciação esportiva, que oferece atividades gratuitas em 5 diferentes modalidades para crianças e adolescentes, no Ginásio de Esportes de Alagoinhas, conta, a partir de 2019, com um reforço positivo; com apoio da Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Turismo (SECET), o projeto Impacto Arte Boxe inaugurou um espaço de treinamento, no ginásio, e promoveu, na última quinta-feira (5), um aulão inaugural que demarca a abertura das aulas de boxe gratuitas para crianças entre 6 a 16 anos de idade, ampliando a grade de iniciação esportiva do município.

Segundo Jadson Santos e Jamson Souza Dias, responsáveis pela iniciativa, o objetivo é promover a inclusão através do esporte. O projeto, que existe há mais de 20 anos e nasceu nas ruas do Jardim Petrolar, agora conta com cara nova. “A gente estava treinando em uma quadra. Quando chovia muito, a gente não tinha treino, a gente não tinha um lugar adequado”, explicou Jamson Dias. “A gente está tendo a oportunidade agora de alavancar esse projeto. A gente faz por amor ao esporte. Não é só formar atletas, é formar cidadãos”, completou Jadson Santos.

O prefeito Joaquim Neto, que esteve no aulão inaugural, ressaltou o papel das práticas esportivas enquanto ferramenta de transformação social e salientou a importância do investimento no esporte.

“Esporte é saúde. A vivência corporal em modalidades diversas tem um efeito significativo na vida desses estudantes. Fico muito feliz quando vejo um espaço como esse transformado, uma iniciativa como essa. E dentro de poucos meses estaremos entregando também o Centro de Iniciação Esportiva, que vai contribuir para que tenhamos ainda mais espaços promissores para essas ações e projetos”, afirmou o Chefe do Executivo Municipal, que enfatizou o apoio ao Impacto Arte Boxe.

O diretor de esportes do município, George Carmo, chamou a atenção para o comprometimento com que a gestão municipal encara os desafios e ressaltou os avanços significativos no setor. “É a gestão que mais investe e mais acredita no esporte, no potencial de transformação dessas modalidades na vida de crianças e adolescentes. O prefeito Joaquim Neto é um entusiasta do esporte, acompanha, cobra da gente constantemente a ampliação e o fortalecimento da iniciação esportiva, e professora Iraci Gama abraça, incentiva, se preocupa efetivamente”, pontuou. Segundo ele, a SECET vai contribuir também para a aquisição de equipamentos e para o crescimento do projeto.

Homens e mulheres adultos também podem participar, por uma taxa de R$35 reais mensais que ajudam a manter o Impacto Arte Boxe, cujas aulas para jovens são gratuitas. Os treinos são realizados periodicamente às segundas, quartas e sextas-feiras, nos períodos matutino, vespertino e noturno.

Confira as fotos:

Foto: Milena Lima

Foto: Milena Lima

Foto: Milena Lima

Foto: Milena Lima

Foto: Milena Lima


IMPLANTAÇÃO DO HOSPITAL DE ONCOLOGIA É TEMA DE AUDIÊNCIA PÚBLICA NA CÂMARA MUNICIPAL DE ALAGOINHAS


WhatsApp Image 2019-12-06 at 10.36.18
WhatsApp Image 2019-12-06 at 10.36.09 (1)
WhatsApp Image 2019-12-06 at 10.36.09
WhatsApp Image 2019-12-06 at 10.36.05
WhatsApp Image 2019-12-06 at 10.32.45

Na última quarta-feira (04/12) foi realizada na Câmara Municipal de Alagoinhas, uma Audiência Pública de autoria do vereador Luciano Sérgio e demais vereadores da bancada de oposição (Luciano Almeida, Thor de Ninha, Caio Ramos, Darlan Lucena, João Henrique e Anderson Barqueiro), fruto do requerimento nº 030/2019. No encontro, foi discutida a implantação do Hospital de Oncologia de Alagoinhas e o papel/participação da Prefeitura Municipal.

A mesa foi composta pelo vereador Luciano Sérgio; o provedor da Santa Casa de Misericórdia, Antônio Virgínio; o coordenador do Curso de Medicina da Faculdade Estácio de Alagoinhas, Dr João Eduardo Pereira; o diretor geral da Faculdade Estácio de Alagoinhas, Eduardo Andrade; a vice-presidente do Conselho Municipal de Saúde e presidente da Associação de Oncologia Nova Vida, Ana Lopes e a representação do Conselho Municipal de Saúde, Guaciara Ramos.

Durante as falas, o vereador Luciano Sérgio, Ana Lopes e Guaciara Ramos ressaltaram a necessidade da existência de um Hospital de Oncologia em Alagoinhas para o tratamento das pessoas que, além do sofrimento enfrentado pela doença, atualmente ainda precisam se deslocar para Feira de Santana ou Salvador para realizar o tratamento, cirurgias, sessões de quimioterapia e radioterapia.

Os representantes da Faculdade Estácio de Alagoinhas abordaram assuntos relacionados a contrapartida da universidade para a população alagoinhense. O provedor da Santa Casa explicou como se dá o processo para a implantação de um Hospital de Oncologia, os estudos de viabilidade técnica e impacto social, a liberação de autorização por parte da Anvisa e como funcionam as parcerias.

Foram sugeridos como encaminhamentos, entre outras ações:

– Como tarefa da Comissão de Saúde: discutir com o diretor técnico do Hospital Regional Dantas Bião, George Brito/SESAB, a possibilidade da Faculdade participar efetivamente do processo de implantação.

– Solicitação ao município para que um representante do legislativo (a ser definido pelo colegiado), acompanhe o processo e participe também de articulações com os principais parceiros, a fim de auxiliar no processo de implantação.

Ao final, o vereador Luciano Sérgio agradeceu a presença dos colegas vereadores, das representações das instituições e do público que participou ativamente da Audiência Pública.

Ascom – Câmara Municipal de Alagoinhas