Bahia recebe 182,2 mil doses da vacina de Oxford/AstraZeneca, anuncia secretário de Saúde

Segundo Fábio Vilas-Boas, remessa de imunizantes desembarcou no aeroporto de Salvador na madrugada deste domingo Foto: GOVBA Por: Alexandre Santos O secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, anunciou na manhã deste domingo (4) a chegada de mais 182.250 doses da vacina da Oxford/AstraZeneca. A remessa, que desembarcou no aeroporto de Salvador durante a madrugada, será distribuída … Leia Mais



Após recomendação do MP da Bahia, prefeita de Guaratinga exonera parentes

Órgão recomendou também a exoneração de parentes do vice-prefeito, de secretários, do procurador do município e do chefe de gabinete Foto: Divulgação Por: Luciana Freire A prefeita Marlene Dantas (DEM), de Guaratinga, cidade do sul da Bahia, exonerou quatro parentes que trabalhavam em cargos comissionados, após recomendação do Ministério Público da Bahia. A recomendação foi feita pelo … Leia Mais



Brasil perde para a Alemanha no Pré-Olímpico de basquete e não consegue vaga para Tóquio


Seleção buscava sua vaga olímpica pela terceira vez consecutiva depois de ter ficado de fora dos Jogos em 2000, 2004 e 2008

Brasil perde para a Alemanha no Pré-Olímpico de basquete e não consegue vaga para Tóquio

Foto: Reprodução/Twitter/Time Brasil

Por: Luciana Freire

O basquete brasileiro está fora dos Jogos Olímpicos de Tóquio. A seleção brasileira perdeu para a Alemanha por 75 a 64, no Pré-Olímpico de Split, na Croácia, na última chance que tinha para se classificar para a Olimpíada.

A última e única vez que basquete masculino e feminino não foram à Olimpíada foi em 1972.

O Brasil buscava sua vaga olímpica pela terceira vez consecutiva depois de ter ficado de fora dos Jogos em 2000, 2004 e 2008.

Metro1


Música do São João 2021: ‘Pra te Ninar’, de Del feliz, vence o ‘Troféu Bahia Junina’


Cantor Del Feliz vence prêmio de música do Bahia Junina; confira

A canção ‘Pra te Ninar’, do forrozeiro Del Feliz, foi a vencedora da primeira edição do ‘Troféu Bahia Junina’, promovido pela Rede Bahia, para eleger a melhor música do São João 2021. O resultado foi divulgado no Bahia Meio Dia deste sábado (26).

A votação foi aberta em 12 de junho e encerrada na última quinta (24), dia do São João. Del ficou com 51,44% dos votos.

Em segundo lugar, ficou a música ‘Coração de Gelo’, de Adelmário Coelho, com 16,17% dos votos; e Saudade Sua, de Norberto Curvelo, ficou na terceira posição, com 11,95%.

1 de 2 Del Feliz vence primeira edição do ‘Troféu Bahia Junina’ — Foto: Reprodução

Del Feliz vence primeira edição do ‘Troféu Bahia Junina’ — Foto: Reprodução

Em entrevista para o Bahia Meio Dia, Del Feliz celebrou a vitória.

“Só alegria. O momento é para celebrar. Que bacana essa iniciativa da Rede Bahia, incentiva bastante a gente. Acho que é também a consagração do amor, um sentimento tão necessário nesse momento e traduzido com muita fidelidade nesta canção. Falar de amor é sempre importante, mas essa música é um primor, gosto muito dela. Tem a participação do Fabinho e também, interpretando comigo, minha querida Allice Tirolla, lá do sul do Brasil, cantando um forrozinho comigo”, falou.

O artista também, aproveitou para agradecer aos fãs, que votaram em peso

Queria agradecer à Rede Bahia e aos fãs, que a vitória é deles. Todo mundo dizendo que estava com dedo doendo votando. Eu fiquei animado”, disse.

Indicados ao prêmio

2 de 2 Votação popular elege a ‘Música do São João 2021’ na primeira edição do Troféu Bahia Junina — Foto: Divugação

Votação popular elege a ‘Música do São João 2021’ na primeira edição do Troféu Bahia Junina — Foto: Divugação

Ao todo, 10 canções foram indicadas para concorrer ao ‘Troféu Bahia Junina’; confira lista:

  • Adelmário Coelho – Coração de Gelo

  • Del Feliz – Pra te Ninar

  • Estakazero – Mais 20 Anos

  • Juninho Rodrigues – Amo Vaquejada

  • Norberto Curvêllo – Saudade Sua

  • Os Barões da Pisadinha – Esquema Preferido

  • Péricles e Leonardo – Como é que Vira Esquema

  • Simone e Simaria – Foi Pá Pum

  • Solange Almeida – Fruto da Imaginação

  • Tayrone part. Gustavo Mioto – Educadamente

Fonte: g1.globo


Prefeito Fidel Dantas de Aramari faz doação de terreno para implantação do CT do Atlético de Alagoinhas


Em entrevista ao programa Digital News da Rádio Digital 96,3 FM o prefeito de Aramari, Fidel Dantas, anunciou na manhã desta sexta-feira, 02/06, em primeira mão ao radialista Ailton Borges e seus ouvintes, a doação de um terreno de 50 mil metros quadrados onde será construído o Centro de Treinamento do Alagoinhas Atlético Clube na cidade vizinha. A notícia foi um verdadeiro presente para os alagoinhenses que comemoram nesta data 168 anos de emancipação política.

O pedido de doação já havia sido feito há vários dias pelo prefeito Joaquim Neto ao colega Fidel Dantas que escolheu esse dia especial para anunciar a doação.

Estavam presentes na entrevista o Presidente do Atlético Albino Leite que vibrou muito com a boa notícia, Também o diretor do clube coronel Raimundo Nonato, Secretário de Governo André Barros, subsecretário da Sedea Márcio da Linha Verde, o vice prefeito de Aramari Mirivaldo Assis e o Vereador Edy da Saúde.

 


Miranda fala em “explodir República” após representação de Roberto Jefferson na Câmara


Deputado do DEM-DF relatou possíveis irregularidades na compra da vacina Coavaxin e disse que Bolsonaro foi alertado sobre as suspeitas em negociação do imunizante

Miranda fala em “explodir República” após representação de Roberto Jefferson na Câmara

Foto: Agência Senado

Por: Metro1

O deputado federal Luis Miranda (DEM-DF) deu uma declaração na noite desta terça-feira (29) em que falou em “explodir a República” após tomar conhecimento de que o presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, pedirá a perda do seu mandato por meio de uma representação na Câmara. Ao denunciar possíveis irregularidades na compra da vacina Covaxin pelo governo federal, Miranda disse que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) foi alertado sobre as supeitas em torno da negociação do imunizante indiano.

“Tomei conhecimento agora da representação que o PTB entrou contra mim no Conselho de Ética da Câmara. Se de fato for pra frente, na primeira sessão [do órgão interno], as provas que o Brasil inteiro quer que eu apresente serão entregues na sessão e, me desculpe, mas 2022 vai ser bem diferente. Só isso que eu tenho pra dizer”, declarou Miranda ao site Metrópoles.

Perda de mandato

Segundo o site Metrópoles, o ex-deputado Roberto Jefferson ingressou com uma representação para que o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), avalie encaminhar o deputado Luis Miranda para o Conselho de Ética da Casa. O pedido foi protocolado na noite desta terça-feira (29/6).

Na peça, o cacique – conhecido defensor bolsonarista – elenca uma série de argumentos alinhados com discursos dos senadores da base governista que integram a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19 e que tentaram desconstruir a versão apresentada pelo congressista e o irmão, Luis Ricardo Miranda – servidor concursado do ministério – sobre as suspeitas do negócio milionário.

“Já que o ‘Bob’ quer explodir a República, então que ele o faça, porque até agora eu só falei a verdade e tentei minimizar os danos. Se eles querem aumentar o tom, vamos aumentar o tom, eu não tenho dificuldade nenhuma em aumentar o tom”, continuou.

“A senhora também sabe que foi o Ricardo Barros que o presidente falou. Eu não me sinto pressionado para falar, eu queria falar desde o primeiro momento, mas é porque vocês não sabem o que vou passar”, disse Miranda, após ser questionado diversas vezes sobre qual parlamentar teria sido citado pelo mandatário.

O deputado e seu irmão, o servidor Luis Ricardo (Ministério da Saúde), prestaram depoimento durante quase oito horas à comissão no Senado. Miaranda, por sua vez, disse que o líder do governo na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR), foi o nome atribuído por Bolsonaro às supostas irregularidades na compra da Covaxin.


Em novo escândalo, governo Bolsonaro teria pedido um dólar de propina por dose de AstraZeneca aplicada


A denúncia partiu de um representante de uma empresa que negociava vacinas com o Ministério da Saúde

Em novo escândalo, governo Bolsonaro teria pedido um dólar de propina por dose de AstraZeneca aplicada

Foto: Redes Sociais

Por: André Uzêda

O novo escândalo envolvendo o governo de Jair Bolsonaro (sem partido) durante o combate à pandemia no Brasil tem agora denúncia de pedido de propina no processo de vacinação. Em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, um representante da Davati Medical Supply, empresa vendedora de vacinas, disse que recebeu um pedido de suborno de US$ 1 (um dólar) por dose para fechar acordo com o Ministério da Saúde.

Segundo Luiz Paulo Dominguetti Pereira, representante da Davati, o diretor de Logística do Ministério da Saúde, Roberto Ferreira Dias, teria cobrado a propina em 25 de fevereiro, durante jantar no restaurante Vasto, no Brasília Shopping, no Distrito Federal. Roberto Dias foi indicado ao cargo pelo deputado federal Ricardo Barros (PP-PR), citado na última sexta-feira (26) na CPI da Covid por pressionar a liberação da vacina Covaxin. Barros é também líder do governo Bolsonaro,.

A Davati entrou em contato como o Ministério da Saúde para negociar 400 milhões de doses da vacina AstraZeneca com uma proposta de US$ 3,5 por dose (depois disso passou a US$ 15,5), informa a Folha. “O caminho do que aconteceu nesses bastidores com o Roberto Dias foi uma coisa muito tenebrosa, muito asquerosa”, disse Dominguetti à jornalista Constança Rezende.

Perguntado pela reportagem qual seria essa ‘forma’ de propina ao governo Bolsonaro, Dominguetti respondeu: “Acrescentar 1 dólar”, por dose, segundo ele. “E, olha, foi uma coisa estranha porque não estava só eu, estavam ele [Dias] e mais dois. Era um militar do Exército e um empresário lá de Brasília”, disse, em entrevista.

Metro1