Maurício Bacelar assume a direção geral da Adab

O engenheiro civil Maurício Bacelar é o novo diretor geral da Agência Estadual de Defesa Agropecuária da Bahia(Adab). A nomeação já publicada no Diário Oficial confirma a escolha do governador Rui Costa pelo membro do Podemos. Maurício Bacelar assume a Adab após experiências como gestor do Pólo Petroquímico de Camaçari, onde exerceu o cargo de … Leia Mais


FBF confirma realização da Copa Governador do Estado

Hoje 14, a Federação Baiana de Futebol, publicou em seu site oficial um oficio confirmando a realização da Copa Governador do Estado, nesse oficio assinado pelo presidente da entidade o Ricardo Nonato Macedo de Lima, fala que as inscrições iniciaram hoje 14 de Junho e se estende até o dia 3 de Julho 2019. Esse … Leia Mais


Bolsonaro diz que cachaça sairia de facada em Lula

O presidente Jair Bolsonaro reagiu nesta sexta-feira (14) à declaração do ex-presidente Lula questionando a veracidade da facada da qual foi vítima em setembro de 2018, durante a campanha. “Presidiário presta depoimento, não dá entrevista”, disse, em café da manhã com jornalistas que cobrem o Planalto. Em entrevista divulgada pela emissora TVT, Lula colocou em … Leia Mais



Com dois de Coutinho, Brasil goleia a Bolívia na estreia da Copa América

O Brasil fez 3 a 0 na Bolívia nesta sexta-feira (14), na abertura da Copa América. A partida aconteceu em São Paulo, no estádio Cícero Pompeu de Toledo (Morumbi), pela primeira rodada da competição. A atuação no primeiro tempo foi longe da esperada. A Seleção Brasileira ficou devendo nos primeiros 45 minutos e saiu de campo … Leia Mais


PAULO AZI COMEMORA ASSINATURA DE EMPRÉSTIMO DA PREFEITURA DA CAMAÇARI COM A CAF


mnmnmnm
mnmnnm

 

Assinado hoje (14 de junho) em Brasília, no Ministério da Economia, contrato de empréstimo do Banco do Desenvolvimento da América Latina – CAF que irá permitir o aporte de US$80 milhões para o Município de Camaçari, na Bahia. O deputado Paulo Azi (DEM/BA), que muito se empenhou para o sucesso dessa negociação, parabenizou a qualidade técnica e a agilidade da Secretaria do Tesouro Nacional bem como a Procuradoria da Fazenda Nacional, e também da atuação do Prefeito de Camaçari, Antônio Elinaldo, e do presidente da Câmara Municipal de Camaçari, Jorge Curvello, além de ressaltar a presença no evento dos vereadores Flávio Matos e Zé do Pão.

Prefeito Elinaldo junto à Procuradora da Fazenda Nacional, Suely Dib, e o Presidente do CAF, Jaime Holguín

Esse recurso será utilizado na execução do Programa de Integração e Desenvolvimento Urbano, Social e Ambiental do município que tem como objetivo promover a integração da área litorânea e da área industrial da cidade por meio da infraestrutura urbana, favorecendo o desenvolvimento local como também realização do desenvolvimento socioeconômico sustentável agregado da região, com forte geração de emprego.

O projeto chama atenção para modernização tecnológica com a informação e gestão de dados urbanos, e a implementação de 60 quilômetros de fibra ótica na região.

Para o prefeito Elinaldo “este programa irá favorecer o turismo local com um investimento de mais de R$ 20 milhões, em especial na Lagoa de Itacimirim (próximo à Praia do Forte) e na Lagoa de Jauá, imperando um novo paisagismo, a fim de que possa atrair novos e mais turistas”. Elinaldo ressalta que também vai investir na duplicação do viaduto porta de entrada para a cidade de Camaçari, além de reestruturar o horto florestal.

Tempo recorde

Para o prefeito Elinaldo, “essa realização não seria possível sem a ação marcante do deputado Paulo Azi junto à União, que em tempo recorde (1 ano e 08 dias) conseguiu efetivar essa assinatura”.

Paulo Azi e o prefeito Elinaldo com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre

 


Após cobrança, torcedor acusa Paulo Carneiro de desrespeitá-lo: “Vai tomar no c*”


[Após cobrança, torcedor acusa Paulo Carneiro de desrespeitá-lo: “Vai tomar no c*”]

Um torcedor do Vitória gravou um vídeo reclamando com o presidente do clube, Paulo Carneiro, por causa da situação do Rubro-Negro, que está na lanterna da Série B. Na última terça-feira (11), o time baiano voltou a perder e tomou 3 a 0 do Oeste-SP.

“Paulo Carneiro, já pode começar a cobrar ou você ainda vai ficar falando das administrações anteriores? Vá tomar no c* não, você me respeite, eu sou torcedor, eu pago, pago inclusive o seu salário. Sou sócio e pago o seu salário. O time está uma m* e você não faz nada. Quero o meu time no lugar que ele merece, não é isso que você está fazendo não. Você quis entrar e agora fica mandando os outros tomar no c*, seja homem, p**, seja homem, não xingue os outros não, respeite o torcedor”, gritou o torcedor para um homem que estava em uma sala vip do estádio e que, segundo ele, seria Paulo Carneiro. Assista:

l

Fonte: Bocão News


A verdade aparece cedo ou tarde, diz Neymar após depor em São Paulo


[A verdade aparece cedo ou tarde, diz Neymar após depor em São Paulo]

O depoimento de Neymar durou cerca de quatro horas e meia e terminou no começo da noite desta quinta (13), na 6ª Delegacia de Defesa da Mulher, em São Paulo. O atacante da seleção brasileira e do PSG chegou ao local de muletas, às 15h15, cercado por advogados e seguranças, para ser ouvido pela delegada Juliana Lopes Bussacos.

Na delegacia de Santo Amaro, o jogador precisou responder para Bussacos se teria estuprado e agredido a modelo Najila Trindade, no dia 15, em Paris. “Agradeço o carinho de todos, estou tranquilo e agradeço as mensagens que recebi até agora. A verdade aparece cedo ou tarde”, disse o atleta na saída do depoimento.

A promotora Flávia Merlini disse que “Neymar nega os crimes e respondeu de forma satisfatória”.

A mulher registrou boletim de ocorrência no dia 31 de maio na delegacia em Santo Amaro. Em entrevista ao SBT no dia 5 de junho, Najila afirmou que viajou para Paris para fazer sexo com o jogador, porém Neymar teria praticado a força o ato sem uso de preservativo. No seu depoimento, no dia 7, ela confirmou essa versão.

O depoimento de Neymar, a princípio, é o último para que a delegada Juliana Lopes Bussacos conclua o inquérito policial. Ela tem até 30 dias, a partir de 31 de maio, para terminar a investigação. A tendência é que faça isso o quanto antes.

O caso atrai imprensas e curiosos e alterou a rotina da DDM. Nesta quinta (13), o prédio foi evacuado. Mulheres que precisavam registrar boletim de ocorrência não tiveram atendimento na DDM.

Enquanto Neymar prestava depoimento, um grupo de fãs do jogador se aglomerou na calçada da delegacia com faixas e frases como “verdade seja dita” e “golpe, não”. Também cantavam “Deus está contigo, Neymar”, trecho do hino nacional e “Neymar! Neymar”.

Segundo o chefe de investigador Júlio Borba, da DDM, 50 policiais fizeram a segurança interna. O número não leva em consideração o efetivo espalhado nos arredores. A movimentação na rua Padre José de Anchieta começou desde cedo. Viaturas da polícia também estacionaram nas ruas vizinhas para reforçar a escolta ao carro que traria o atleta.

Uma advogada de Neymar chegou ao prédio, na zona sul de São Paulo, antes do almoço, com rolos de papel pardo para cobrir todas as janelas do prédio da DDM. O prédio tem três andares. Neymar, com uma lesão no tornozelo que o tirou da Copa América, deveria depor no primeiro.

Emissoras de televisão alugaram imóveis ao lado da delegacia, inclusive numa rua paralela, para instalarem equipamentos de filmagem. Às 14h50, helicópteros da Band, Globo e Rocord começaram a sobrevoar a região de Santo Amaro.

Fonte: Bocão News


“Não falo com as partes”, provoca ministro do STF sobre vazamento de conversas de Moro


[

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio Mello criticou novamente o ministro da Justiça, Sergio Moro. Nesta quinta-feira (13), na chegada à sessão da corte, ele disse que o ex-juiz não é vocacionado para a magistratura.

Marco Aurélio também ironizou as mensagens trocadas pelo então juiz federal e o procurador da República, Deltan Dallagnol, divulgadas pelo site The Intercept. “Não tenho nada a esconder e não mantenho diálogos fora do processo com as partes”, alfinetou o ministro.

O The Intercept tem divulgado, desde o último domingo (9), conversas antigas entre Moro e o coordenador da força-tarefa da operação Lava Jato, Deltan Dallagnol. O problema é que a Constituição proíbe que juízes mantenham vínculos com partes dos processos que analisam.

“Antes desse problema todo [do vazamento de conversas], que enxovalhou o perfil dele, eu disse lá atrás que ele [Moro] era não era vocacionado ao cargo de juiz. Mantenho [a convicção]”, acrescentou o ministro. Ele ainda afirmou que Moro “virou as costas à cadeira” de juiz ao sair do cargo para assumir o Ministério da Justiça.

A Polícia Federal abriu investigação para apurar diversas denúncias de invasão cibernética a dispositivos eletrônicos de juízes e membros do MPF (Ministério Público Federal). A Lava Jato levantou a suspeita de que as conversas vazadas poderiam ter sido forjadas por hackers.

Fonte: Bocão News


Wagner acusa MPF de agir com convicções e sem provas sobre pedido de abertura investigação


[Wagner acusa MPF de agir com convicções e sem provas sobre pedido de abertura investigação]

O senador e ex-governador da Bahia, Jaques Wagner (PT), emitiu nota da defesa sobre a manifestação favorável do Ministério Público Federal (MPF) de abrir procedimento para investigar supostos crimes eleitorais cometidos pelo Senador Jacques Wagner (PT) nos pleitos de 2006 e 2010. No período, o petista concorreu ao governo do Estado. O petista acusa do MPF de agir com “convicções” e “provas que inexistem no processo”.

De acordo com o político, os advogados dele não tiveram acesso do parecer e se definiu como “tranquilo” diante do fato. “Não existem elementos mínimos para justificar a instauração deste inquérito, seguindo entendimento consagrado pelo Supremo Tribunal Federal”, escreveu.

O pedido de investigação do MPF tem como base declarações fornecidas através dos acordos de delação premiada homologadas pelo Supremo Tribunal Federal, no âmbito da Operação Lava Jato. “Dentre os fatos narrados na colaboração premiada encontram-se pagamentos de benefícios indevidos ao ex-governador Jaques Wagner em troca de favorecimento à empresa Odebrecht”, exemplifica o parecer divulgado.

Leia a nota na íntegra:

A defesa do senador Jaques Wagner (PT-BA) lamenta que o Ministério Público mais uma vez aja a partir de convicções e não provas, até porque estas inexistem no referido processo.

Também manifesta estranheza com a divulgação de mero parecer ao qual os advogados do parlamentar sequer tiveram acesso. 

Informa ainda que o senador está tranquilo, uma vez que o Tribunal Regional Eleitoral da Bahia decidiu, reiteradas vezes, que não existem elementos mínimos para justificar a instauração deste inquérito, seguindo entendimento consagrado pelo Supremo Tribunal Federal. 

Matéria relacionada:
Procuradoria Eleitoral volta a se manifestar favorável a investigação contra Jaques Wagner por caixa 2

Fonte: Bocão News