Boletim COVID-19: Confira a atualização deste domingo (13) para os casos de coronavírus em Alagoinhas


A Prefeitura divulgou, através da Secretaria Municipal de Saúde (SESAU), o boletim diário com informações sobre a situação epidemiológica do novo coronavírus em Alagoinhas. Dados da Vigilância mostram que o município segue com 5.006 pacientes recuperados, após contágio por SARS-CoV-2, e apresenta, portanto, uma taxa de recuperação superior a 93,8%.

Os indicadores revelam também que 30 homens, na faixa dos 2 aos 59 anos, e 33 mulheres, com idades entre 8 e 74 anos, tiveram, hoje, diagnóstico confirmado para COVID-19. Todos os identificados permanecem em isolamento domiciliar, monitorados pelas equipes de saúde, ou seja, foram contatados e orientados pelos profissionais de Vigilância, que realizam o mapeamento dos casos confirmados, conforme protocolos estabelecidos.

A Vigilância informou ainda um novo óbito em decorrência da COVID-19. O paciente, do sexo masculino, de 62 anos, estava internado no Hospital do Subúrbio, em Salvador, e evoluiu a óbito no dia 6 de agosto de 2020. A morte foi registrada hoje no sistema.

Com a atualização, Alagoinhas chega a 268 casos ativos. Isso significa que aproximadamente 5% dos moradores diagnosticados com a doença infecciosa viral respiratória devem continuar em isolamento, porque ainda podem transmitir o vírus.

Entre os pacientes que tiveram diagnóstico positivo para coronavírus, 7 seguem internados: 2 no Hospital das Clínicas de Alagoinhas (HCA), 1 no Instituto Couto Maia, 2 no Hospital Espanhol, 1 no Hospital Santa Izabel e 1 no Hospital de Campanha da Fonte Nova. Outras 35 pessoas aguardam resultados do Laboratório Central de Saúde Pública (LACEN), para onde são encaminhadas as amostras.

No que se refere aos casos descartados para COVID-19, a cidade totaliza 8.667 moradores que testaram negativo para coronavírus, e contabiliza 2.876 monitoramentos domiciliares concluídos, após investigação epidemiológica.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, o crescimento sensível dos registros da COVID-19 no Mangalô é reflexo da ação de inquérito epidemiológico que chegou, na última semana, a 3 pontos do bairro, quando profissionais devidamente paramentados realizaram a aplicação de questionários e a testagem de moradores na localidade. Além do teste sorológico, equipes fizeram também a coleta de amostras para o exame de biologia molecular (RT-PCR), que busca identificar o material genético do vírus para o diagnóstico. Ao contrário do teste rápido, cujo resultado é informado em uma média de 15 a 30 minutos, o RT-PCR exige maior tempo de análise laboratorial. Ainda de acordo com a secretaria, as ações de testagem, tanto na zona urbana quanto na zona rural, são fundamentais para identificar pessoas expostas ao vírus, assegurando o isolamento e evitando a propagação da doença.

A SESAU reitera ainda que os profissionais de Vigilância adotam, em integralidade, as normas técnicas emitidas pela Secretaria de Saúde do Estado da Bahia, no que tange às notificações e indicadores da COVID-19.

Fonte: Secretaria Municipal de Saúde – Vigilância Epidemiológica
Atualização: 13-09-2020

Central de Atendimento COVID-19 Alagoinhas
(75) 99824-0789
(75) 99811-4772
(75) 99707-7942

Confira os dados atualizados neste domingo (13):

Como os dados são dinâmicos, estão sujeitos a alterações à medida que as investigações epidemiológicas avançam. Novas informações podem ser divulgadas a qualquer momento. (Fonte: Vigilância Epidemiológica – Secretaria Municipal de Saúde)

Acompanhe também a distribuição dos casos de coronavírus em Alagoinhas, por localidade: